how do you make a gif
Envie-nos um Email Em Breve... Facebook Twitter Ask.Fm Favoritos

10/07/2016

Consequências

   Faz um bom tempo, tenho que admitir. E admitir também que eu não voltei pra ficar. Não é por falta de saudade, pois se dependesse só dela eu já teria voltado para o blog há meses. No momento que estou vivendo agora é insustentável voltar a postar, apesar de a vontade ser muito grande. Muitos dos meus primeiros leitores nem devem lembrar que isso aqui existe. Mas não foi disso que eu vim falar. Esse post é um desafio (de várias maneiras). Literalmente falando, um amigo meu me desafiou a escrever uma postagem sobre ele (bem esnobe, certo?). E como escrever é algo de que sempre gostei, vou completar minha missão da melhor maneira que puder, até por que ele merece. 
   Primeiramente, as coisas as quais sou obrigada a dizer: ele é legal, bonito e tem uma barba maravilhosa. Mas o que eu quero falar é bem mais que isso. Apesar de ser insuportavelmente irritante, não consigo imaginar minha vida sem ele. Apesar de ele dizer o contrário, quem faz o papel de anjo não sou eu. Nos momentos em que eu mais precisei de um apoio ele sempre esteve lá, pronto para me ajudar, mesmo que eu não merecesse. Ele é gentil, preocupado e atencioso. Um bom exemplo disso é quando ele começou a levar lanche para mim na escola, mesmo que não fosse nem de longe a sua obrigação (levou até pizza, como não amar?). Ele cria as melhores músicas de pedido de desculpa. Tem as teorias mais loucas e geniais. Compartilha comigo um monte de piadas internas. E apesar de ser um invasivo, praticamente me obrigando a revelar meu blog para ele, respeita sempre o meu espaço quando o assunto é sério. Tem uma moral invejável e um coração muito bom. É o meu sol, sem a parte chata da insolação. Nós temos as melhores sessões de cinema. E as melhores sessões de estudo também (mesmo que chova e pareça que estamos em uma série de televisão). A amizade dele foi uma das melhores coisas que já aconteceram na minha vida e sou grata por ela todos os dias.
Share on Tumblr

26/01/2013

Cabeçalhos Editáveis Fofos para Uso

Heey amores! Muitas pessoas me perguntaram pelo email e pelo Ask do blog se eu poderia fazer designs sob encomenda. Bom, o blog está começando, ainda não temos nem 20 postagens, então não acho que esteja na hora de começar com um blog de encomendas, por que, querendo ou não, isso tomará muito do tempo em que eu poderia estar me dedicando à Lovelly Summer. A ideia não é má, mas por enquanto ainda não poderei colocá-la em prática, mas quem sabe em breve? Enfim... há um tempinho prometi pela Ask que faria bases de cabeçalho para vocês usarem, então aqui estão! Tentei caprichar bastante nelas (o que foi um pouco difícil por que perdi todo o meu material já que meu PC pifou e minha mãe não deixa eu instalar o Inkscape no computador dela) e espero que vocês gostem e usem. Abaixo de cada base eu coloquei uma pequena observação para ajudar vocês ;) Usem à vontade no cabeçalho dos seus blogs, mas é totalmente proibido reblogá-las! (clique nas imagens para ampliar)

Coloque o nome do seu blog no espaço em branco que eu deixei acima do ".blogspot.com". No "Menu do Blog" você deve escrever nos espaços o nome das páginas extras que seu blog possui (ex: início, parcerias, goodies) e deve mapear a imagem do cabeçalho, veja como fazer isso aqui. Na caixinha "Quem Escreve?" você pode colocar uma foto sua ou uma pequena autobiografia. Não retire os créditos.
Share on Tumblr

25/01/2013

Filmes que Marcaram a Minha Infância

Ownnt que fofinha essa bebê da foto *--* Como estão? Espero que bem :) Hoje trouxe pra vocês uma "seção nostalgia", para lembrar-nos de alguns filmes que marcaram a infância de muitos (o que me inclui). Espero que se identifiquem tanto quanto eu me identifiquei <3
Share on Tumblr